5 benefícios da relação entre cachorros e crianças

É comum vermos crianças pedindo um animalzinho de estimação de presente para os pais. Desde pequenos, nós nos acostumamos a ver essa relação entre humanos e animais retratados em filmes, novelas, séries, fotos e desenhos animados. Para alguns estudiosos de comportamento animal, esse contato entre cães e crianças é um bom estímulo para ensinar responsabilidade, cuidados e afeto com o próximo.

Como no início da vida as crianças ainda estão aprendendo noções básicas de razão e convivência, é preciso entender que os pequenos precisam amadurecer um pouco antes de terem responsabilidade pelos animaizinhos. Segundo a veterinária Daniela Herrera Paarmann, com 10 anos eles já podem ser responsáveis o suficiente para lidar com cuidados fundamentais, como alimentação, água, recolher as necessidades fisiológicas, entre outros.

Listamos alguns pontos positivos que o convívio com animais pode trazer para o futuro de nossas crianças:

Saúde

Uma pesquisa realizada pela Associação Americana do Coração aponta que ter um cão em casa reduz consideravelmente o risco cardíaco, inclusive nas crianças. O resultado é explicado pelo fato de o companheiro animal estimular a atividade física e, diretamente, o trabalho cardiovascular. Tal estímulo é obtido através de brincadeiras, corridas e caminhadas junto ao animal.

Responsabilidade

Orientar crianças sobre os cuidados com os animais, tal como se tornarem responsáveis pelos bichinhos na ausência dos pais, cria um senso de responsabilidade que os filhos podem levar para o resto da vida. Orientar a forma correta de o animal sentar (adestramento), auxiliar na limpeza de sujeiras e alimentar na hora certa são algumas formas básicas deste estímulo.

Sociabilidade

Para crianças tímidas, ter um bichinho em casa pode ser um facilitador social, diminuindo a ansiedade e fazendo com que a mesma se sinta mais segura. Esse companheirismo funciona com um exercício terapêutico, o que pode suavizar alguns medos.

Afetividade

Qual amante de pet nunca viu vídeos de cães “tomando conta” de um bebê ou criança humana? Esse convívio pode fortalecer as relações de carinho que e meninos e meninas tem com as pessoas ao seu redor, inclusive pais e mães. Segundo Daniela, essa relação também pode influenciar na melhora da autoestima.

Exercícios

Como citado anteriormente, o estímulo da atividade física com corridas e caminhadas com o cão também ajuda no fortalecimento do porte físico da criança, fazendo com que os pequenos não sejam sedentários.

Lembre-se: se você tem uma criança em casa e deseja adotar um cachorro, é preciso conhecer todas as condições necessárias para se adotar um animal de estimação. Escrevemos aqui todos os passos sobre adoção e guarda responsável.