Como proteger o seu pet no inverno

Nesse ano, o inverno chegou por aqui desde o dia 20 de junho. E você sabe o que significa? Em várias regiões do Brasil, a mudança drástica no clima combinada com o tempo seco, implica também em novos cuidados e atenções que devemos ter com nossos animais de estimação.

Aqui no Carrefour Pelos Animais, a gente sempre reforça a necessidade de cuidados específicos para o seu pet. Mas como garantir a proteção necessária para ele, quando a gente fala em temperaturas mais baixas? É isso o que a gente te conta nessa matéria, feita junto com a ONG AMPARA Animal, nossa grande parceira na causa animal.

Roupas e cobertores

Não é por que seu animal tem pelos que ele está protegido do frio, não é mesmo? Então a dica é sempre manter um ambiente quentinho para ele, seja através de roupas específicas, ou de cobertores no local onde ele costuma dormir. A gente recomenda, se possível, que você coloque um cobertor também onde ele deita, para que ele fique mais aquecido.

O pessoal da AMPARA Animal também tem um recado importante: O seu bichinho de estimação JAMAIS deve ficar ao relento, no frio ou na chuva, muito menos no calor. Lembre-se: da mesma forma que um ser humano sofre nessas condições, os cães e gatos também podem adoecer.

Hora do Banho

Evite os banhos em dias mais frios, e avalie a possibilidade também de diminuir a frequência. Lembre-se que pelos molhados por muito tempo podem causar problemas, então é sempre bom esperar por um dia de sol para preparar aquele banho.

Aliás, falando em sol, por que não aproveitar o momento em que você vai tomar um banho de sol, e levar o seu pet junto?

Como identificar seu o meu pet está doente?
Essa é uma grande dúvida, e o pessoal da AMPARA nos ajuda com essa explicação:

  • Verifique suas patinhas. Se elas estiverem frias, é sinal de que o seu pet está com frio. Portanto, coloque roupas quentes imediatamente;
  • Durante o inverno, não tose o seu cão;
  • Ao notar que o seu animal está inquieto, ansioso, tremendo, cavando lugares para se aquecer, leve-o ao veterinário o quanto antes. Ele pode estar sofrendo de hipotermia;
  • Filhotes, cães idosos ou com alguma síndrome devem receber atenção redobrada no inverno;
  • Assim como no verão, coloque botinhas ou sapatinhos para que o animal evite ficar com as patas no chão gelado. Elas podem queimar com o frio, machucando e trazendo riscos de infecções e inflamações;
  • Independente da temperatura, sempre deixe água fresca disponível para o seu animal. Coloque vasilhas em locais longe da chuva e do frio, acessíveis e confortáveis para o pet.
  • Mantenha o calendário de vacinas sempre atualizado!

Exercícios

A gente já deu dicas de exercícios para você fazer com o pet aqui, e não existe hora certa para começar. Que tal aproveitar o inverno para manter todo mundo aquecido com muita atividade?

Exercício implica em mais gasto calórico, e a gente também quer lembrar que é sempre importante deixar a água sempre posta. A AMPARA também avisa que é permitido aumentar até 20% a quantidade de ração, dependendo do animal, peso e tamanho. Consulte um médico veterinário antes para determinar a exata quantidade a ser acrescentada.

O inverno não precisa ser nenhum motivo de dor de cabeça para os donos de pet, especialmente se você seguir essas dicas. Vamos lá?

Confira também a matéria especial sobre cuidados no blog da AMPARA Animal